Seja um voluntário

Redução do risco de desastres: UNDRR e ISC revisarão Perfis de Informações sobre Perigos antes da Plataforma Global 2025

A UNDRR e o ISC estão a realizar uma revisão dos Perfis de Informação de Perigos (HIPs) para aumentar a sua relevância e usabilidade nos esforços de redução do risco de catástrofes, particularmente em contextos de múltiplos riscos.

Três anos após o seu lançamento inicial, o Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres (UNDRR) e o Conselho Científico Internacional (ISC) estão a realizar uma revisão dos Perfis de Informação de Perigos do UNDRR/ISC (Quadris) antes da Plataforma Global que terá lugar em 2025. Estas PGI fornecem uma referência sobre o âmbito, nome e definições de perigos relevantes para o Quadro de Sendai para a Redução do Risco de Desastres. 

Os PGI foram aclamados como “inovadores” no Relatório do Revisão Intercalar do Quadro de Sendai em 2023 e continuar a fornecer informações abrangentes a várias partes interessadas em diferentes setores, incluindo planeamento, monitorização, formação e investigação para a redução do risco de catástrofes. São amplamente utilizados por organismos intergovernamentais, governos nacionais, agências de gestão de catástrofes, institutos de estatística, sectores privados e instituições académicas, promovendo uma abordagem mais abrangente e unificada à monitorização, registo e planeamento do risco de catástrofes. 

Por exemplo, a Organização Internacional para as Migrações (OIM) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) incorporaram estes perfis nos seus sistemas de referência e estão a utilizá-los em algumas das suas formações a nível mundial. Além disso, a UNDRR utiliza estes perfis para monitorizar catástrofes, enquanto inúmeras outras partes interessadas os utilizam como ferramentas fundamentais para o planeamento de catástrofes e esforços de resposta, investigação e ensino. 

Neste ciclo de revisão, será dada especial ênfase ao “contexto de múltiplos riscos”, com o objetivo de melhorar a compreensão da interação entre diferentes perigos, que pode resultar em eventos em cascata, compostos e complexos. Isto facilitará a utilização dos perfis para avaliação de riscos multirriscos e sistemas de alerta precoce. 

Aproveitando os mais recentes avanços em aprendizagem automática, serão feitos esforços para tornar os HIPs mais acionáveis ​​por máquinas, expandindo assim a sua usabilidade e aplicações. 

Liderando esta iniciativa está um grupo diretor presidido pela Professora Virginia Murray, composto por representantes de 18 agências e instituições envolvidas na redução do risco de desastres. O grupo diretor supervisionará o processo de revisão, com oito equipes técnicas dedicadas focadas em tipos de perigos específicos, propondo revisões aos PGIs existentes. Grupos adicionais se concentrarão em abordar contextos de múltiplos riscos e em melhorar a capacidade de ação das máquinas. A composição detalhada do Grupo Diretor está disponível SUA PARTICIPAÇÃO FAZ A DIFERENÇA.  

Uma convocatória para que os usuários forneçam feedback sobre os PGI revisados ​​será organizada ainda este ano, antes do lançamento esperado na Plataforma Global para Redução do Risco de Desastres, em junho de 2025. 


Contato

Para obter informações adicionais, entre em contato com Hélène Jacot des Combes, gerente de projetos do ISC em [email protegido]


Ative o JavaScript em seu navegador para preencher este formulário.

Mantenha-se atualizado com nossos boletins


Imagem por José Antonio Gallego Vázquez on Unsplash.

Ir para o conteúdo