Revisão científica do rascunho de primeira ordem do Relatório Global de Desenvolvimento Sustentável de 2023 concluída

Uma atualização sobre a revisão científica liderada pelo ISC do próximo Relatório de Desenvolvimento Sustentável Global de 2023 (GSDR).

O Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas (UN DESA) convidou o Conselho Internacional de Ciência a liderar a revisão científica do primeiro rascunho embargado do Relatório Global de Desenvolvimento Sustentável de 2023 (GSDR). A GSDR deverá ser publicada até setembro de 2023 como o principal instrumento para informar as deliberações da segunda Cúpula dos ODS – o Fórum Político de Alto Nível sobre Desenvolvimento Sustentável sob os auspícios da Assembleia Geral da ONU – e desempenha um papel importante na revisão conhecimento para fornecer orientação baseada em evidências sobre a implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

O processo de revisão teve três objetivos principais:

  • assegurar que o relatório aborde as principais questões relevantes para a implementação da Agenda 2030;
  • garantir que o relatório seja informado por contribuições equilibradas entre as disciplinas e
  • garantir que as conclusões do relatório reflitam o consenso científico global da comunidade científica e tecnológica sobre os desafios e caminhos para alcançar os ODS.

Na sequência de um chamada aberta para indicações de especialistas por membros e parceiros do ISC incluindo a Federação Mundial de Organizações de Engenharia, a Global Young Academy, a InterAcademy Partnership e o International Council for Philosophy and Human Sciences, foram recebidas indicações de mais de 160 especialistas para revisar o rascunho de primeira ordem. O ISC estabeleceu um grupo de trabalho de 15 membros para aconselhar sobre o processo de revisão, revisar o GSDR e sintetizar comentários do grupo maior de revisores. A revisão ocorreu em setembro de 2022 e os comentários de 104 revisores foram recebidos em todas as regiões: África (18%), Ásia-Pacífico (29%), Europa (34%), América Latina e Caribe (8%), Oriente Médio e Norte África (6%), América do Norte (6%).

A revisão levou à produção de dois resultados destinados ao UN DESA e ao Grupo Independente de Cientistas que lideram o desenvolvimento do relatório, a saber, uma tabela com todos os comentários enviados sobre o relatório e um relatório de síntese resumindo os principais comentários preparados pelo trabalho do ISC grupo.

Outras consultas regionais com as partes interessadas estão ocorrendo em novembro-dezembro. Espera-se que uma versão quase final da GSDR seja divulgada em março de 2023 e o relatório seja lançado na Cúpula dos ODS em setembro de 2023.

Composição do grupo de trabalho do ISC para a revisão do rascunho do Relatório Global de Desenvolvimento Sustentável de 2023

  • Sherilee Harper (presidente), Cátedra de Pesquisa do Canadá em Mudanças Climáticas e Saúde e Professora Associada da Escola de Saúde Pública da Universidade de Alberta;
  • Julius Atlhopheng, Presidente do Centro de ODS da Universidade do Botswana;
  • Kathryn Bowen, Diretora Adjunta da Melbourne Climate Futures e Professora de Meio Ambiente, Clima e Saúde Global da Universidade de Melbourne;
  • Susan Clayton, Professora de Psicologia, The College of Wooster;
  • Nicolas Duvoux, Professor de Sociologia, Université Paris 8;
  • Caroline Gevaert, Professora Assistente da Universidade de Twente;
  • Quentin Grafton, Professor da Crawford School of Public Policy, The Australian National University;
  • Gensuo Jia, Professor do Instituto de Física Atmosférica da Academia Chinesa de Ciências (CAS) e Diretor do CAS Global Change Research Center para o Leste Asiático;
  • Raphael Kaplinsky, bolsista emérito do Instituto de Estudos de Desenvolvimento;
  • Monica Kerretts-Makau, Diretora Acadêmica do Centro de Excelência para a África do Thunderbird e Professora de Prática;
  • Tonni Agustiono Kurniawan, Professor Associado, Xiamen University China;
  • Shunsuke Managi, Distinguido Professor de Tecnologia e Política e Diretor do Urban Institute, Kyushu University;
  • Michell Mycoo, Professor de Planejamento Urbano e Regional, Universidade das Índias Ocidentais;
  • Ramón Pichs-Madruga, Diretor do Centro de Estudos da Economia Mundial (CIEM) e Vice-Presidente do Grupo de Trabalho III do IPCC;
  • Nico Schrijver, Professor Emérito de Direito Internacional Público, Universidade de Leiden;
  • Laura Zimmermann, Professora Associada da Escola de Assuntos Públicos e Internacionais da Universidade da Geórgia.

Para ouvir as últimas notícias sobre o trabalho do ISC com as Nações Unidas na implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, inscreva-se em nosso boletim informativo por e-mail sobre ciência na ONU:

Assine nossos boletins

* indica necessário
Que newsletter (s) você gostaria de receber?

Imagem por photothek/Ina Fassbender via Flickr.

Compartilhar

Ir para o conteúdo