Os habitantes locais liderando ciência mais sustentável na Amazônia

Na comunidade pesqueira brasileira de São Raimundo do Jarauá, conseguir pescar nem sempre foi fácil. Mas, ao aproveitar o conhecimento tradicional de locais como Tanya e Gilmar e trazê-los para a conversa, a prática da ciência na Amazônia pode ajudar a manter socialmente - e de forma sustentável - as tradições, o suprimento de alimentos e a renda.

Compartilhar

Ir para o conteúdo