Seja um voluntário

Global Science TV Special Edition: Como o mundo criou minorias... e preconceito

Ismail Serageldin, diretor fundador da Bibliotheca Alexandria sobre ciência aberta, agitação civil na América, COVID-19 e o futuro das bibliotecas e da humanidade

Uma entrevista tópica de 30 minutos sobre agitação civil, ciência aberta e o futuro das bibliotecas, gravada em 6 de junho com Ismail Serageldin, Patrono do Conselho Internacional de Ciência já está disponível.

Serageldin é o Diretor Fundador da Bibliotheca Alexandrina (BA), e a nova Biblioteca de Alexandria, inaugurado em 2002. Ele atua como presidente ou membro de vários comitês consultivos para instituições acadêmicas, de pesquisa, científicas e internacionais e esforços da sociedade civil, publicou mais de 100 livros e recebeu 40 títulos de doutorado honorário. Serageldin fala sobre sua própria carreira, ciência aberta, COVID-19, agitação civil nos Estados Unidos e mergulha na história profunda da antiga e nova Bibliotheca Alexandra.

Para a entrevista completa, sintonize no web show “Global Science” SUA PARTICIPAÇÃO FAZ A DIFERENÇA

Ismail Serageldin faz os seguintes comentários:

Sobre a agitação civil nos Estados Unidos e o papel da ciência em uma sociedade harmoniosa:

“Se você quer que eu reverta tudo o que está acontecendo na sua frente, é para dizer que foi um ato de injustiça, que foi um símbolo de um status contínuo de injustiça em relação às minorias nos Estados Unidos. Neste caso em particular, desencadeou um enorme alvoroço de pessoas dizendo que isso é inaceitável. E isso mostra que fizemos alguns avanços. Agora, esses avanços são tão rápidos quanto eu gostaria de vê-los? Não. Eles estão lá? Sim, eles estão. Temos nossos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, um objetivo muito claro de reduzir as desigualdades, de abolir a pobreza. Estes são designados, se quiser, tanto para a dignidade da pessoa humana quanto para o reconhecimento da conveniência de um mínimo de igualdade. A ciência tem um papel importante a desempenhar. Para ser franco, todo avanço que beneficiou a humanidade veio da ciência. Temos uma prontidão magnífica para nos engajarmos com a visão contrária.”

Sobre Ciência Aberta e COVID-19…..

“A Open Science mantém a ideia de que tudo deve ser aberto em benefício da humanidade. Não é uma questão de provar o que está errado. É muito mais o fato de dizer, é esta realmente a verdade que estamos buscando? Ou uma aproximação dela que está nos aproximando da verdade? E é fundamentalmente disso que trata a ciência.”

Na internet e no futuro das bibliotecas…

"Os livros do Google digitalizaram cerca de 20 milhões de livros. Este era um novo mundo para as bibliotecas. A internet era o sonho de um bibliotecário. Na aldeia mais remota, em qualquer lugar da África, você pode ter acesso à internet. Você pode ter acesso a quase todo o conhecimento do mundo hoje. Estamos agora, no meio de uma grande transformação, mas uma transformação maravilhosa para o acesso ao conhecimento, para como as pessoas vão transformar esse conhecimento e trabalhar com ele. Podemos permanecer em contato uns com os outros em todo o mundo e nos comunicar quase instantaneamente na velocidade da luz. Podemos espalhar ideias e discuti-las entre a grande comunidade científica global.”

Ao voltar ao normal após o bloqueio do COVID-19…

"Quando as pessoas dizem que vamos voltar ao normal após nosso bloqueio atual, mas o normal não seria o mesmo normal que deixamos para trás. E tudo bem. Foi assim que avançamos como humanidade. E espero que, como resultado de tudo isso, possamos, novamente, reviver os valores que considero tão importantes, e que coloco em meus valores de credo, de que somos todos uma única família humana. Vamos todos trabalhar juntos”.


Para organizações de mídia, membros do ISC e organizações com interesse neste assunto, o seguinte está disponível gratuitamente para download e republicação em seus sites.

Baixe o vídeo completo: https://vimeo.com/426856592/986fd6db84

Código embutido: Ismail Serageldin da Academia Australiana de Ciências no Vimeo .

Assine nossa série: https://www.youtube.com/channel/UCSL1Z5osHy4DOEVByCxh0-A

Nota da mídia: Esta entrevista está disponível como fonte/referência para reportagens

Ir para o conteúdo