Seja um voluntário

Pesquisa global sobre a disparidade de gênero na ciência já está aberta

Como parte dos esforços para melhor compreender e abordar a lacuna de gênero na ciência, a pesquisa global de 2018 de cientistas matemáticos, computacionais e naturais visa desenvolver uma imagem mais ampla do status de matemáticos e cientistas em todo o mundo, especialmente mulheres.

As ciências matemáticas e naturais têm longas e honrosas tradições de participação de mulheres altamente capacitadas. No entanto, as porcentagens de mulheres cientistas permanecem chocantemente baixas e há uma diferença significativa de gênero em todos os níveis entre mulheres e homens. As barreiras à conquista das mulheres persistem em todo o mundo, especialmente em países de baixa e média renda.

Atualmente, os dados existentes sobre a participação das mulheres nas ciências matemáticas e naturais estão dispersos, desatualizados e inconsistentes entre regiões e campos de pesquisa. A fim de resolver esta disparidade, o projeto financiado pelo Conselho Internacional de Ciência “Uma abordagem global para a lacuna de gênero em matemática, computação e ciências naturais: como medi-la, como reduzi-la?” fornecerá evidências para apoiar a tomada de decisões informadas sobre a política científica. O objetivo do projeto é produzir dados sólidos para apoiar as escolhas de intervenções que o Conselho Internacional de Ciência e seus membros podem realizar de forma viável.

Como parte de seus esforços, o projeto está atualmente executando um pesquisa global de cientistas matemáticos, de computação e naturais. A pesquisa visa alcançar 45,000 entrevistados em mais de 130 países e está disponível em vários idiomas diferentes.

Além da pesquisa global, os dados também estão sendo coletados por meio de um estudo bibliográfico de padrões de publicação, que analisará fontes abrangentes de metadados correspondentes a publicações de mais de 500,000 cientistas desde 1970. Contrastes e pontos comuns entre regiões e culturas, menos desenvolvidas e altamente países desenvolvidos, homens e mulheres, ciências matemáticas e naturais, serão destacados.

Além disso, o projeto visa fornecer acesso fácil a materiais comprovadamente úteis para incentivar meninas e mulheres jovens a estudar e buscar educação em matemática e ciências naturais. Serão fornecidas informações regionais sobre carreiras, empregos e salários dirigidas a pais, escolas e outros atores relevantes.


[IDs dos itens relacionados=”4871,5527″]

Ir para o conteúdo