Seja um voluntário

ICSU para coordenar a Revisão Externa do IPBES

O Conselho Internacional para a Ciência foi selecionado para coordenar a Revisão Externa da Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (IPBES).

A decisão foi anunciada na 6ª Plenária do IPBES em Medellín, Colômbia, de 17 a 24 de março de 2018, reunião que também viu o lançamento do quatro avaliações regionais de biodiversidade e uma temática sobre degradação da terra.

Após uma chamada aberta para Manifestações de Interesse e uma chamada separada para indicações de especialistas para servir no painel de revisão no final do ano passado, o Bureau do IPBES selecionou o ICSU entre 18 candidatos para coordenar a revisão, bem como 10 especialistas para servir na revisão (veja abaixo). O Presidente do IPBES, Robert Watson comentou sobre a relevância do ICSU para realizar tal trabalho, especialmente no contexto de sua fusão com o ISSC e a maior integração com as ciências sociais.

A revisão avaliará a eficácia do IPBES como interface ciência-política em torno das quatro funções da Plataforma:

  1. avaliações científicas que revisem o estado do conhecimento sobre biodiversidade e serviços ecossistêmicos,
  2. apoio político,
  3. construir capacidade e catalisar novos conhecimentos, e
  4. comunicações e divulgação.

A revisão examinará a eficiência e eficácia da implementação do primeiro programa de trabalho do IPBES (2014-2018), a eficácia dos arranjos institucionais, procedimentos e operações, arranjos financeiros, comunicações e engajamento das partes interessadas.

O painel de revisão entregará seu relatório para a 7ª sessão da Plenária que acontecerá em maio de 2019 em Paris.

Sobre o IPBES

Muitas vezes descrito como o “IPCC para a biodiversidade”, o IPBES é um órgão intergovernamental independente composto por 129 governos membros. Estabelecido pelos governos em 2012, fornece aos formuladores de políticas avaliações científicas objetivas sobre o estado do conhecimento sobre a biodiversidade do planeta, os ecossistemas e as contribuições que eles fazem para as pessoas, bem como as ferramentas e métodos para proteger e usar de forma sustentável esses ativos naturais vitais.



Painel de revisão

NomeAfiliação
Nicholas King (África do Sul/Reino Unido)Consultor/pesquisador independente em 'futuros ambientais' – mudança global, pensamento sistêmico, resiliência e gestão adaptativa; revisão estratégica organizacional, planejamento estratégico, estratégias de transformação e mudança.
Albert S Van Jaarsveld (África do Sul)Vice-Chanceler da Universidade de Kwa-Zulu-Natal
Kalemani Joseph Mulongoy (Congo)Cofundador e Presidente do Institute for Enhanced Livelihoods Inc.

Co-presidente da avaliação regional da biodiversidade e ES para África
Ryo Kohsaka (Japão)Professor Titular da Escola de Pós-Graduação em Estudos Ambientais da Universidade de Tohoku
Kalpana Chaudhari (Índia)Vice-presidente, Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Pesquisa
Karen Jenderedjian (Armênia)Consultor freelancer na WWF Armenian Branch, especialista em gestão de áreas protegidas e ordenamento do território
Marina Rosales (Peru)Universidade Nacional Federico Villarreal, Lima, Membro Docente

Grupo de Especialistas em Meios de Subsistência e Uso Sustentável da IUCN
Selim Louafi (França/Tunísia)Pesquisador Sênior (Ciência Política / Estudos de Ciência e Tecnologia) no CIRAD
Doug Beard (EUA)Diretor Associado para Área de Missão de Clima e Uso da Terra (CLU) para o US Geological Survey
Peter Bridgewater (Austrália/Reino Unido)Professor Adjunto, Instituto de Ecologia Aplicada e Instituto de Governança e Análise de Políticas, Universidade de Canberra

[IDs dos itens relacionados=”5482,4734,4678″]

Ir para o conteúdo