Seja um voluntário

International Council for Science, GenderInSITE e o International Social Science Council unem forças para aplicar uma lente de gênero à produção e coordenação de pesquisas científicas internacionais

Por ocasião do Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência, GêneroInSITE organizou um workshop com o Conselho Internacional para a Ciência (ICSU) e o Conselho Internacional de Ciências Sociais (ISSC) no Campus ICTP da UNESCO (7-8 de fevereiro de 2017). O workshop teve como objetivo discutir formas de desenvolver uma lente de gênero para grandes iniciativas de produção e coordenação de pesquisa científica internacional no contexto de novas modalidades de produção e coordenação de pesquisa científica.

O workshop analisou estruturas conceituais, como a abordagem Pathways para aplicar uma lente de gênero a iniciativas de pesquisa internacionais. Também foram discutidas as melhores práticas atuais de organizações internacionais e experiências individuais de mulheres cientistas em cargos de liderança.

Entre essas melhores práticas, destacam-se as atividades do Comitê Científico de Pesquisa Antártica (SCAR) do ICSU, incluindo o Wikibomb Women of the Antarctic 2016, o INASP GenderMainstreaming in Higher Education Toolkit e o curso on-line gratuito do SciDevNet Integrate gender into your scientific research e GenPort.

Um relatório de acompanhamento GenderInSITE-ICSU-ISSC está atualmente em discussão, também em colaboração com o Instituto de Estudos de Desenvolvimento, a fim de destacar os caminhos atuais - e as barreiras e desafios relacionados - das perspectivas individuais e institucionais para promover a aplicação do gênero. lente na produção e coordenação de pesquisas científicas. Este relatório explorará como o gênero foi e pode ser incorporado à grande produção e coordenação de pesquisas científicas internacionais.

Esta atividade está de acordo com o Estatuto 5 do Conselho Internacional para a Ciência sobre o Princípio da Universalidade da Ciência, que também promove oportunidades equitativas de acesso à ciência e seus benefícios, e se opõe à discriminação baseada em fatores como origem étnica, religião, cidadania, idioma, opinião política ou de outra natureza, sexo, identidade de gênero, orientação sexual, deficiência ou idade.



Ir para o conteúdo