Como Funciona

O programa LIRA 2030 apoia seus participantes não apenas por meio de bolsas, mas também por meio de workshops de treinamento, fóruns anuais de pesquisa e liderança e avanço na carreira.

Atividades de treinamento em pesquisa integrada

Para atingir seus objetivos, o programa fornecerá atividades de treinamento para fortalecer a capacidade científica na África para aplicar novas metodologias em co-design e co-produção, e outras abordagens relevantes necessárias para a realização de pesquisa integrada de alta qualidade. Cada treinamento também incluirá módulos sobre desenvolvimento de propostas e comunicação científica.

Para identificar os participantes para a formação, são lançadas chamadas abertas para pré-propostas. Representantes de pré-propostas bem-sucedidas são convidados a participar de workshops de treinamento, após os quais os participantes têm 2-3 meses para desenvolver propostas completas. As propostas completas bem-sucedidas receberão bolsas de pesquisa de 2 anos (veja abaixo). A formação é parte integrante das bolsas, a fim de garantir que os cientistas em início de carreira tenham as competências e os conhecimentos necessários para desenvolver propostas de investigação integradas e realizar este tipo de investigação. O primeiro workshop de treinamento ocorreu de 3 a 7 de outubro de 2016 em Nairobi 2016. O segundo evento de treinamento ocorreu em Kampala, na Makerere University, de 28 de agosto a 1 de setembro de 2017.

Ao todo, serão realizadas três oficinas de capacitação ao longo do programa. Estes serão entregues pelo ISC em parceria com ICSU ROA e NASAC e outras instituições relevantes na África.

Bolsas de pesquisa colaborativa

O programa fornecerá bolsas de pesquisa colaborativa de dois anos (90 000 EUR cada / 2 anos) para promover a colaboração em pesquisa sobre sustentabilidade global em nível regional, conectando cientistas em início de carreira entre disciplinas e países. Essas bolsas também apoiarão o co-design e a coprodução de pesquisas com as partes interessadas.

Apenas os participantes das atividades de formação em investigação integrada (ver acima) poderão candidatar-se às bolsas.

Após 5 anos, o programa visa consolidar uma rede de mais de 30 projetos de pesquisa integrados sobre sustentabilidade global. A pesquisa produzida por esses projetos deve fornecer evidências e criar ferramentas para apoiar a tomada de decisões sobre desafios complexos de sustentabilidade na África. O conhecimento também será usado para informar os processos de política intergovernamental (por exemplo, Agenda 2030, Estrutura de Sendai sobre Redução do Risco de Desastres, Habitat III, IPCC e outros).

Duas instituições baseadas na África (NASAC e ICSU ROA), administrarão o esquema de financiamento de pesquisa.

Fóruns Anuais de Pesquisa

O programa organizará fóruns anuais de pesquisa para fomentar a colaboração e o trabalho em rede entre os projetos de pesquisa apoiados. Representantes dos projetos serão convidados a participar desses eventos para compartilhar seus resultados e experiências com seus pares. Espera-se que esses eventos promovam intercâmbios científicos e forjem novas colaborações de pesquisa entre projetos. Para promover a colaboração inter-regional e com partes interessadas não acadêmicas, representantes de outros projetos de pesquisa globais relevantes, tomadores de decisão e profissionais também serão convidados a participar. Os eventos também incluirão atividades de capacitação para fortalecer a comunicação científica dos projetos e assessoria científica para as habilidades dos governos.

No total, três fóruns abertos anuais de pesquisa estão planejados para ocorrer durante o programa. Eles serão organizados pelo ICSU ROA em parceria com o ICSU, ISSC e NASAC.

Liderança e avanço na carreira

O programa também proporcionará oportunidades de desenvolvimento de carreira internacional para cientistas em início de carreira apoiados pelo programa, nomeando-os para comitês e conferências científicas internacionais, grupos de trabalho e processos de política intergovernamental.

Chamada de pré-propostas

Ao longo do programa, foram lançados um total de três convites à apresentação de pré-propostas.

A primeira chamada centrou-se na compreensão do nexo “Energia-Saúde-Desastres Naturais” no contexto urbano em África.

A segunda chamada estava em Avanço na implementação do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 11 nas cidades da África.

A terceira chamada estava ligada Caminhos para o Desenvolvimento Urbano Sustentável na África.

Compartilhar

Ir para o conteúdo